Senador do PMDB diz que da cadeia, Cunha indica todo mundo no governo Temer

Senador do PMDB diz que da cadeia, Cunha indica todo mundo no governo Temer

Renan Calheiros usou o Twitter para escancarar a influência de Eduardo Cunha sobre o governo de Michel Temer, que hoje é refém do deputado cassado; Segundo o senador, Cunha “não nomeou apenas os

Leia tudo

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) afirmou nesta quarta-feira, 17, que o ex-deputado Eduardo Cunha “não nomeou apenas os vices da Caixa, mas todo governo Temer”. “[Cunha] Sempre teve três metas: influir nas delações (premiadas) transferindo suas responsabilidades; aprovar o impeachment [de Dilma Rousseff] e governar”, escreveu Renan no Twitter.
Desde o ano passado, Renan acusa o governo de Michel Temer de ser “comandado” por Cunha, que está preso desde outubro de 2016.
Em novembro, o senador criticou a indicação de Carlos Marun (MDB-MS), um dos principais aliados de Cunha, para a Secretaria de Governo. Na época, ele disse que seria “mais inteligente nomear diretamente Eduardo Cunha para ser ministro da articulação política”.

Na última terça-feira, Temer decidiu afastar, por 15 dias, quatro vice-presidentes da Caixa que são suspeitos de corrupção. Uma auditoria independente contratada pela Caixa tem o relato de um dos dirigentes afastados, Antônio Carlos Ferreira, que relatou ter sofrido pressão de Cunha. Segundo ele, Cunha teria sido agressivo e mencionado que ele só estava mantido no cargo por sua causa.